POR QUE O E-COMMERCE FICOU TÃO POPULAR?

02 de agosto de 2021

POR QUE O E-COMMERCE FICOU TÃO POPULAR

É muito provável que você tenha comprado algo pela internet nesses últimos meses. As restrições trazidas pela pandemia levaram a um aumento de 68% no faturamento por e-commerce no Brasil em 2020, tendência que já vinha em alta nos anos anteriores e continua subindo em 2021.

 

O sucesso do e-commerce veio para ficar, já que o afastamento das lojas físicas não é o único responsável por essa popularidade. A comodidade de pesquisar o produto desejado e fazer uma compra em poucos minutos pelo smartphone ou computador fez com que cada vez mais gente prefira essa modalidade de consumo.  

 

Além de ser mais prático para quem compra, o e-commerce é muito vantajoso para quem quer vender. Não é à toa que, no ano passado, o número de lojas virtuais no país passou de 1,3 milhão. Quer saber por que o e-commerce é tão popular? Confira uma lista de motivos:


Sem barreiras geográficas

Essa talvez seja a maior facilidade para quem opta pelas vendas online. A internet permite uma loja da região Sul enviar um produto para a região Norte e vice-versa, sem falar na chance de vender para outros países. É um aumento significativo das possibilidades de venda.


Qualquer um pode ter uma loja virtual

Vender por e-commerce está ao alcance de todos, graças ao avanço da tecnologia, tanto é que a maioria das lojas online são de pequeno porte, com até 10 mil visitas por mês. 

 

Primeiro, basta ter acesso à internet. Depois, adquirir um servidor para hospedar o site e uma URL para que as pessoas o encontrem na rede. Ambos os serviços são fáceis de serem encontrados na internet e alguns têm valores bem acessíveis. Para fazer as vendas, a loja precisa de uma plataforma de e-commerce. Você pode criar sua própria ou escolher uma das várias plataformas prontas e customizáveis disponíveis na web. Se essa for sua opção, não será preciso se preocupar com servidor ou programação, já que a plataforma vem completa.

 

Menos gastos com infraestrutura

Outra vantagem do e-commerce é que ele reduz suas despesas com estrutura, já que você pode até abrir mão de uma loja física. Muitas lojas virtuais trabalham apenas com vendas online, empreendendo a partir da própria casa. Se você trabalhar com revendas de fornecedores, os custos ficam ainda mais baixos, já que não vai precisar manter um estoque próprio.

 

Vendas 24 horas por dia

Os clientes podem acessar sua loja e fazer compras a qualquer hora do dia ou da madrugada. Essa é mais uma barreira que vem abaixo quando você entra no mercado de e-commerce. Pense em quantas vendas a mais você pode ter ao estar aberto a qualquer momento que o cliente te procurar! Bem melhor do que vender só algumas horas do dia, não é?

 

O atendimento também pode estar ativo a qualquer momento, já que você pode usar ferramentas para automatizá-lo. Um exemplo são questionários que respondem às principais dúvidas dos clientes, sem que eles precisem acionar um funcionário.

 

Monitoramento dos resultados     

Os sistemas de análise de dados permitem acompanhar várias métricas de um comércio online. Tráfego no site, faturamento mensal, volume de transações e ticket médio estão entre as principais informações ao seu alcance se você usar uma boa plataforma de e-commerce. 

 

O comportamento dos consumidores também pode ser acompanhado. Saber quais são os produtos mais vendidos, os botões mais clicados e os períodos com mais vendas podem contribuir muito para suas campanhas de marketing.

 

Diante de tantas vantagens, fica fácil entender porque o e-commerce é cada vez mais popular no Brasil e no mundo. Se sua empresa ainda não está nesse mercado, o que você está esperando para começar a vender online? 

 

A Spartacus tem planos especiais para quem quer facilitar a gestão da sua empresa nas vendas pela internet. Entre em contato com a gente para conhecer!

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante sua navegação em nosso site. Ao continuar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.